Laura Bacellar

Meu nome é Laura Bacellar e trabalho no mercado editorial desde 1983. Sou formada em editoração pela ECA/USP e amo livros. Para saber mais, vá na aba "Quem Somos" do menu principal.

6 comentários até agora

  1. Gabriel Filgueiras
    15 de maio de 2018 @ 11:02

    “Ser escritor/a é saber usar os sentidos, observar o que existe em volta com clareza.”
    Poderia destacar aqui muitas frases boas deste seu artigo, mas como agora estou lendo aqui desse ruindows Phone 8.1 bem ruinzinho só destaquei essa rsrs.
    Me identifiquei com muitas características que você descreveu, o que já me deixa muito feliz 🙂
    Está muito interessante seu artigo.

    Reply

    • Laura Bacellar
      5 de julho de 2018 @ 12:00

      oi Gabriel,
      que bom que vc gostou.
      Super boa sorte!

      Reply

  2. Camila Fragas
    18 de setembro de 2018 @ 20:25

    Eu até que crio muito bem a historia, mas na hora de dividir a historia em partes me perco toda. E o que deveria ser um livro, vira apenas uma historia de muitos parágrafos , sem muitas paginas.

    Reply

    • Laura Bacellar
      11 de outubro de 2018 @ 14:17

      Camila,
      leia mais. Com certeza outros autores deram soluções variadas para a continuação da trama, como quebrar a história em partes, como manter o suspense. Escritores são os melhores professores, leia com atenção obras que a interessem e veja o que os autores fizeram para manter sua atenção.

      Reply

  3. Ana
    2 de outubro de 2018 @ 17:37

    Oi Laura, tenho uma página do facebook e Instagram onde publico meus textos, que são crônicas. Costumo dizer que são reflexões de uma mulher de quarenta que se aventura em meio às palavras. Se quiser dar uma olhada e me expor sua opinião eu ficaria muitíssimo grata.
    Sinto um enorme prazer em escrever e procuro escrever com paixão, pois ali está o meu sentir sobre o mundo. Estou começando, mas pareço estar indo bem. Obrigada pela ajuda. Att., Ana

    Reply

    • Laura Bacellar
      11 de outubro de 2018 @ 14:13

      oi Ana,
      vá firme. Poste sempre e veja com cuidado as reações de seus leitores. Veja o que causa respostas, perguntas, compartilhamentos. Quando você acerta o tom, os temas, a forma de dizer o que importa, está feito o contato mais essencial e duradouro com seu público.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *