Laura Bacellar

Meu nome é Laura Bacellar e trabalho no mercado editorial desde 1983. Sou formada em editoração pela ECA/USP e amo livros. Para saber mais, vá na aba "Quem Somos" do menu principal.

18 comentários até agora

  1. Larissa
    24 de janeiro de 2016 @ 21:42

    Bom De mais aproveitando que estou comentando, o livro é muito bom hoje vou escrever o livro que é muito bom talvez eu procure por uma editora

    Reply

  2. Nelson Martins
    7 de março de 2016 @ 02:15

    Obrigado Laura… Sou Poeta estou procurando uma direção…
    Por isso que sempre digo!

    ” Uma mente nos livros
    Não é uma mente presa
    Mas sim uma mente livre! ”
    ( Nelson Martins )

    Reply

  3. Thallis Thiego
    8 de março de 2016 @ 20:17

    Olá Laura, acabei de finalizar um original de 3 edições e estou em dúvida por onde começar … pois apenas tenho-o todo digitado e preciso de alguém para auto-corrigir e poder participar da leitura dinâmica de compartilhar informações sobre o tema etc…
    você pode me ajudar?
    Sou design e tenho capa assim como boa parte de artes interativas interligadas a história dando ao leitor + facilidade para entender e conseguir imaginar o conteúdo do livro …

    Aguardo resp.

    Reply

    • Laura Bacellar
      14 de abril de 2016 @ 13:08

      Thallis,
      vc precisa de um revisor, profissional que vc encontra pela internet com facilidade. Os preços variam conforme o tipo de leitura que vc queira, mas em geral são cobrados por lauda ou página.

      Reply

  4. Bárbara
    11 de setembro de 2016 @ 20:23

    Olá, Laura! Meu nome é Bárbara e tenho apenas 13 anos, porém adoro escrever histórias. Digamos que – até ano que vem (quando tiver 14) – eu escrever um original consideravelmente bom, uma editora poderia considerar publicá-lo?
    Grata pela atenção.

    Reply

    • Laura Bacellar
      12 de setembro de 2016 @ 17:38

      em princípio sim, mas o original teria que ser bom e ter algo que o diferenciasse muito das obras já existentes.
      boa sorte!

      Reply

  5. carlos
    2 de março de 2017 @ 11:17

    Oi, Laura,
    Gostaria que você lesse os livros”Lichtbälle e a Máquina Perfeita” e “A Verdadeira História de Jésus e seu Pupiloucos” e desse sua opinião sobre as obras dese escritor. Valeu!

    Reply

    • Laura Bacellar
      2 de março de 2017 @ 13:18

      olá Carlos,
      vc quer que eu faça leituras críticas? Caso sim fale comigo por email [email protected]
      um abraço

      Reply

  6. Layane Pires
    27 de março de 2017 @ 11:40

    Olá Laura,
    Estou me deficando ao meu terceiro livro,mandei um email para editoras e sites para escritores iniciantes e eles me indicaram um agente literário. O que você me indicaria ? Pensei que caso não desse certo conseguir ajuda para publica-lo talvez recorrer para divulgar as obras para cinema,teatro ou TV fosse uma boa idéia, pois minha intenção é que outros conheçam minhas histórias… O você acha ?

    Reply

    • Laura Bacellar
      29 de março de 2017 @ 20:19

      Layana, não há agentes literários para autores iniciantes, não no Brasil.
      veja: http://www.escrevaseulivro.com.br/preciso-agentes-literarios/
      Divulgue sua obra de todas as maneiras que conseguir, se vc tem acesso a outros canais de comunicação, sorte sua. Use-os.
      Se não, aprenda a divulgar pela internet por conta própria. Esse portal dá algumas dicas: http://marketingparaautores.com.br/
      Há muita informação na internet, vá atrás que vc começa a ter uma ideia do caminho. Esse site mesmo tem muito conteúdo, navegue aqui antes de gastar por aí.
      um abraço

      Reply

  7. Layane Pires
    27 de março de 2017 @ 11:42

    Olá Laura,
    Estou me dedicando ao meu terceiro livro,mandei um email para editoras e sites para escritores iniciantes e eles me indicaram um agente literário. O que você me indicaria ? Pensei que caso não desse certo conseguir ajuda para publica-lo talvez recorrer para divulgar as obras para cinema,teatro ou TV fosse uma boa idéia, pois minha intenção é que outros conheçam minhas histórias… O que você acha ?

    Reply

  8. O que as editoras querem? Novos escritores têm alguma chance? - Escreva seu Livro
    7 de dezembro de 2017 @ 19:38

    […] para ser lido e publicado precisa aprender por conta própria como as coisas funcionam. Não, não há um agente que vai cuidar de tudo. Não, não há um editor que vai cuidar de tudo. Não, não basta escrever bem, ter criatividade e […]

    Reply

  9. Ron Perlim
    10 de janeiro de 2018 @ 13:19

    Laura, como sempre, clara e direta. É disso que jovens escritores precisam. Parabéns!

    Reply

    • Laura Bacellar
      10 de janeiro de 2018 @ 16:25

      gracias!

      Reply

  10. Luiza Costa
    21 de maio de 2018 @ 12:02

    Olá!, Queria sua opinião, que tem vasto conhecimentos da literatura, se tenho ou não uma escrita boa, e se você tem algumas dicas pra mim, para melhoramento da escrita. Postei esse pequeno texto em uma comunidade, que faço parte!, Espero que você veja esse comentário.

    _O guarda chuva em minhas mãos era roxo, segurava os pingos da chuva que caía como cascatas pelos telhados das casas, estava quebrado mas mesmo assim me protejia de ser molhada, ou talvez apenas meus cabelos. O tênis fino que usava, era velho, mas não tão velhos a cair aos pedaços, ganhei-lhe em um dia especial, não por mim, mas as pessoas que comemoraram comigo imaginavam que era uma data marcante pra mim, não pude ser malvada o suficiente para dizer que, aquilo só me lembrava que a velhice chegava cada vez mais perto de mim.

    Morava em um bairro podre, onde crianças passavam mais tempo de suas vidas na rua fazendo traquinagens do que em suas próprias casas, me perguntei se seus pais não preferiam que fossem educados ao invés de joga-las feitos sacos de lixo nas ruas para enfurecer os vizinhos. Eu lutava contra o destino para não me tornar como eles, que já perderam o rumo de suas vidas, seus cérebros fritados pelas porcarias, que aos poucos fazia sua viajem entre países e nações, e deixava seu rastro de destruição, as DROGAS.

    Minha motivação era minha família que apesar de serem pobres queriam que sua filha se tornasse alguém na vida, não apenas mais uma entre vários, mais sim uma que fizesse a diferença. Eu iria me tornar e traria alegria e orgulho para quem me deu a vida.

    Eu sou a garota que batalha com vida todos dias, eu sou Kaliah.

    Reply

    • Laura Bacellar
      5 de julho de 2018 @ 11:59

      Luiza,
      um pequeno texto não dá para indicar se alguém escreve bem ou não, apenas se há erros óbvios. Há um mais que deveria ser mas, e uns acentos ausentes, o restante está claro.
      Faça experiências. Publique histórias numa página de face ou plataforma como o wattpad. Brinque bastante e veja o que acontece. Escrever se aprende escrevendo.

      Reply

  11. Joao carlos Forssell
    26 de maio de 2018 @ 08:41

    Olá Laura, acabei de escrever um livro sobre Proteção de Dados- fiz mestrado na matéria em Madrid 2016/17 – Universidad San Pablo, preciso revisão e edição, o assunto é muito atual pois, a União Europeia no dia ultimo 25 de maio de 2018 publicou o novo RGPD – Regulamento geral de Proteção de Dados e o Brasil ainda por não ter legislação vai ter uma série de problemas para transferir dados internacionais, gostaria da sua opinião.
    grato.

    Reply

    • Laura Bacellar
      5 de julho de 2018 @ 11:37

      João Carlos,
      materiais de não-ficção que atendem aos interesses ou necessidades de um grupo específico em geral são publicados sem maiores problemas. As editoras técnicas entendem quando falta algo a um público. Envie seu material para análise de uma editora que publique livros semelhantes, afins ao seu.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *